Ciro Biderman: “judicialização” das políticas públicas prejudica transporte público

CEPESP  |  9 de março de 2016
COMPARTILHE

Em evento organizado pela Fecomercio-SP e o Columbia Global Centers-Rio de Janeiro, o economista Ciro Biderman, pesquisador do Cepesp, foi entrevista pela jornalista Maria Cristina Poli. O tema da conversa foi política de transporte.

Como o evento foi realizado em Nova York, iniciaram o bate-papo falando sobre o metrô da cidade. “É um metrô com enorme flexibilidade”, disse Ciro. “Um trem entra na linha do outro, por exemplo. Isso gera uma economia de US$ 1 bilhão por ano. Parece um pouco caótico e as pessoas estranham, mas é incrível. Praticamente qualquer ramo tem uma linha expressa. É um caso muito raro.”

Além disso, Ciro analisou as vantagens e desvantagens do BRT (Bus Rapid Transit), a dificuldade de implementar obras de infraestrutura em cidades grandes com a “judicialização” das políticas públicas, novas ideias para melhorar o transporte com dados abertos e muitas outras coisas.

Confira a conversa de quarenta minutos abaixo.

 

 

Deixe seu comentário